danielbiologo2

Just another WordPress.com site

PAZ NO TRÂNSITO

leave a comment »

5 de abril de 2012 EDITORIAIS

PAZ NO TRÂNSITO

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) reforçaram a fiscalização nas rodovias federais e estaduais que recortam o território catarinense em razão do feriadão da Páscoa, que aumentará em 50% o movimento nas estradas, segundo as estimativas oficiais. No ano passado, no mesmo período, 16 pessoas morreram em acidentes de trânsito e dezenas de outras sofreram ferimentos e mutilações. O movimento será particularmente intenso e perigoso no Litoral, cuja previsão de clima ameno e dias ensolarados neste começo de outono ainda convida às praias. A operação especial será desenvolvida ao longo dos 2,3 mil quilômetros de rodovias federais e dos 3 mil quilômetros de estradas estaduais que formam a malha viária de Santa Catarina.

A comemoração da Páscoa traz uma mensagem de paz, de esperança e de celebração da vida, e é em nome da vida que se impõem o cuidado e a prudência no trânsito. Infelizmente, ninguém desconhece que a esmagadora maioria (94%) dos acidentes decorre da irresponsabilidade e imprudência dos condutores de veículos. E também não se ignora que os motoristas catarinenses, em expressiva maioria, costumam passar ao largo dos procedimentos civilizados e da obediência às leis do trânsito, como o comprovam dois recentes levantamentos estatísticos em âmbito nacional.

O primeiro, realizado pela PRF, informa que, desde o início deste ano, até o final de março, foram aplicadas em Santa Catarina 37.160 multas por excesso de velocidade. Isto ajuda a explicar a razão de o Estado ser o vice-campeão brasileiro de mortes em acidentes nas estradas e vias urbanas em relação à frota circulante. O outro levantamento – realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) – revela que, no Estado, o trânsito mata mais do que a violência interpessoal e muitas doenças. Mas há um remédio para combater a insânia sobre rodas: acabar com a impunidade e aplicar a lei, em toda a extensão e severidade, aos infratores.

Graças a esta “receita”, utilizada pelas polícias rodoviárias durante o último Carnaval, houve uma redução de 25% nas mortes sobre o asfalto em relação ao número registrado no período da folia – que costuma ser o feriadão mais letal – do ano passado. Mais de 10 mil veículos foram abordados pelas patrulhas, dezenas de carros retirados da estrada, motoristas conduzidos a delegacias, 583 barreiras efetuadas, 46 bêbados presos, centenas de carteiras de habilitação recolhidas e milhares de multas aplicadas. Aplicar integralmente a lei é o melhor remédio. Campanhas educativas não têm dado resultados consistentes. São vidas que estão em jogo.

Que o “remédio” utilizado pelas polícias rodoviárias na Operação Carnaval seja ministrado com fartura na Operação Páscoa que está começando. Páscoa é paz, celebração da vida e tempo de esperança.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: