danielbiologo2

Just another WordPress.com site

Floripa te Quero Bem – Primeira reunião temática

leave a comment »

5 de abril de 2012 | N° 9499

SAÚDE EM DEBATE

Movimento define as prioridades

Comitê consultivo fez, ontem, a primeira reunião temática, que apontou a necessidade de melhorar o atendimento público

Biólogo Daniel De A. Costa na reunião temática do Floripa Te Quero Bem.

A dequação do atendimento médico para a população idosa e moradores de Florianópolis, redução da mortalidade precoce por acidentes de trânsito e homicídios e o fortalecimento do sistema de saúde da Capital foram os três desafios eleitos pelo comitê consultivo do movimento Floripa Te Quero Bem.

Ontem à noite, foi o primeiro encontro temático dos membros do comitê consultivo, dirigido pelo Instituto Guga Kuerten, Instituto Comunicação, Instituto Padre Vilson Groh, e Grupo RBS (Diário Catarinense), e que teve como tema a saúde.

A reunião foi considerada produtiva por trazer à tona o debate de aspectos que, numa visão ampla, não estariam relacionados ao tema saúde. O técnico da Secretaria Municipal de Saúde Leandro Pereira Garcia abordou a necessidade de olhar a saúde em dois parâmetros: o sistema de saúde, que muitos já têm conhecimento, e o setor saúde.

– O setor saúde reúne todo aspecto que culminará na saúde. Por exemplo, a educação precária reflete no agravamento de problemas de saúde.

O professor da Universidade Estadual de Santa Catarina (Udesc) Valério Turnes apresentou os estudos e indicadores usados para a elaboração dos desafios. Para ele, o movimento é muito importante para a consciência da população, que já estaria motivada com o movimento. Até a sua filha, de seis anos, desenhou o coração do Floripa Te Quero Bem em uma lição de casa a respeito da natureza.

– Fiquei surpreso como as crianças estão atentas a estas questões. Não havia mencionado o movimento, mas ela já sabia, talvez tenha sido estimulada no colégio. Mas o mais importante é que a geração dela poderá ser beneficiada com as atitudes que tomarmos hoje.

Gustavo Kuerten, que motivou a criação do movimento depois da repercussão de entrevista ao Diário Catarinense, reforçou a importância da participação de todos. Para ele, não só as autoridades devem ser cobradas, como também cada cidadão.

– Precisamos movimentar as pessoas no sentido de propagar boas ações. O poder público será beneficiado com este documento que estamos preparando. Mas a população tem que adotar boas práticas para fazer andar certo toda a engrenagem.

O movimento debaterá cinco áreas distintas, e em cada reunião, serão elencados três desafios para cada tema. O próximo encontro, dia 17, trará propostas para a educação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: