danielbiologo2

Just another WordPress.com site

Abrigo……

leave a comment »

Hoje dia 31 de janeiro de 2013, mais um dia de trabalho. Na sede do parque Estadual da Serra do Tabuleiro recebemoso abrigo institucional de Palhoça, uma turminha bem divertida, apesar das histórias por trás de suas vidas, de poucos anos.

    Ao meu ver, a cada dia eu tenho mais certeza da velha frase do Oscar Wilde;
“O maior inimigo da Humanidade, é o homem”.

    As crianças chegaram, logo depois nós chegamos, no centro de visitantes a Morgana estava recepcionando a todos, em seguida fomos conhecer a mais que centenária Casa Açoriana, onde fizemos um foto do grupo. Percorremos a trilha da Restinga da Baixada do Maciambú com eles, observando as plantas e e tudo ao redor, no “teatrinho” (um pequeno palco e bancos) fizemos um “teatro improvisado”, sem texto, sem roteiro, apenas as vontades de cada criança, inclusive com palmas que os atores pediam…..
    Brincamos bastante, as crianças queriam sempre estar segurando minha mão, as duas meninas sempre me pediam colo. Por trás das histórias destas crianças, absurdos, crimes, abandono e muita coisa ruim, apesar de aqui estarmos brincando, rindo, correndo, conhecendo o Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, havia um misto de angustia e tristeza em meu pensamento (inclusive a ausência da minha Filhota em minha vida).
Segurei, mas foi difícil segurar as lágrimas, agora escrevendo estou sozinho, posso chorar…

Como disse misturei tanta coisa que realmente fica difícil expressar os sentimentos, a menina que me pedia colo , que eu dei sempre que pude, conversei no mesmo nível valorizando e concordando com as palavras do garoto de 13 anos, que sorria quando isto ocorria (teve o Pai assassinado na sua frente), e a interação com todos eles, foram palavras, beijos, abraços e brincadeiras, enfim educação ambiental também é propiciar momentos de alegria a estas crianças em meio a Natureza do Parque.

IMG_5880
Foto feita pela Evanise com meu celular ao lado da Casa Açoriana com as nove crianças, o monitor da turma, a Chefe do Parque Morgana e o DanielBiólogo. 

Pois é histórias reais de vida que se cruzam, deixam marcas fortes em todos.
Cada um com seus “problemas”, cada um com seus “fatos”, uns maiores, piores, irreversíveis e até deixando profundas cicatrizes físicas e “espirituais”, mas as vidas continuam….infelizmente nem sempre “cheias de vida”!

Sim, chorei por elas, choro por mim…

Anúncios

Written by danielbiologo2

fevereiro 1, 2014 às 11:03 am

Publicado em Meio Ambiente, minha vida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: