danielbiologo2

Just another WordPress.com site

Archive for maio 2014

o Moletom azul…

leave a comment »

Novela da vida real?

moletonazul
Faltam poucos dias para o aniversário dela, caminho pelo centro da cidade, assim por alguns dias, até que encontro uma feira de livros na qual recordei minha infância com livros que  havia lido e que ganhei dos meus Pais, sem titubear compro quatro títulos e imagino se minha Filha vai gostar…..

O outono e inverno chegando, resolvi um moletom no estilo que gosto, comprar. Achei e por sorte aceitaram cartão de crédito, afinal a vida não está fácil. Mas o mais difícil estaria por vir…
Escolhido o modelo a vendedora pergunta;
-Qual o tamanho?
-O silêncio inundou meus olhos! Não soube o que responder, como imaginar se a última visão é de quase dois anos atrás?
-A vendedora pergunta para quem seria?
-Respondo, para minha Filha, só que não sei o “tamanho” dela, vou arriscar comprando pela idade!
Um nó, um misto de dor e de perda, se mesclaram na voz,  sai caminhando sem andar, sem sentir, sem vida! Com o moletom azul dentro de uma caixa.

pingenteComo entregar os livros e o moletom?
Equilíbrio, está difícil manter esse adjetivo, a Bicicleta traz equilíbrio, literalmente…
Mas manter meu equilíbrio está difícil, cada um com seus problemas e não adianta querer me dizer, tem gente pior, tem gente assim, assado, para mim “meu problema é meu” e, é o pior de todos.

Mas no caminho uma Bicicletinha de prata brilhou, entrei na lojinha e a coloquei na caixa, junto de outras lembrancinhas humildes mas de coração…

Cheguei no correio, e a dor que inundou meu peito, transbordou pelos olhos já vermelhos. Não sei onde mora, sou obrigado a encaminhar para o endereço comercial da detentora da guarda total. Cheguei no correio e o dinheiro não dava para o pagamento, mas como já estava embalado e pesado, fui até um loja ali perto onde um  amigo que me emprestou uns conto$, pagamento feito, encomenda enviada, mais uma vez estava caminhando sem sentir nada, não é uma dor física, mas incomoda pacas……

Agora resta a dúvida, encaminhei dois livros autografados pelo autor, quatro livros com pequenas dedicatórias minhas, roupas diversas, fotos, um pingente e uma carta, será que ela recebeu?

O mais triste é que já perdemos algo que nunca mais será recuperado, estamos perdendo agora, vamos perder mais no futuro….
Na semana que antecedeu seu aniversário encontrei com uma das primeiras educadoras que trabalharam com minha filha. E a primeira pergunta foi:
-Com está ela?
-Sorte de estar com óculos de sol, pois a dor do fracasso que me foi  imposto como Pai, escorreu pelos olhos.
Conversamos um pouco e ela me disse, não consigo acreditar vocês dois separados, ela sempre falava de ti com tanta força no colégio?
-A vida não é bela….

“O maior inimigo da Humanidade, é o Homem” – Oscar Wilde

Anúncios

Written by danielbiologo2

maio 20, 2014 at 4:44 am

Ruas, Vias e Vidas.

leave a comment »

Ruas, vias e vidas

Hoje ao caminhar por uma via aqui em Floripa, a mão decepada pela velocidade enfurecida do individualismo egoísta de uma parcela de motoristas que defendem as velocidades acima dos 30Km/h em área urbana com fluxo de pessoas e ciclistas, me acenou, pedindo socorro? (ainda bem que era só uma luva, mas a metáfora é real, ocorre todos os dias em nossas ruas!)

Essa foi a frase que veio ao pensamento, pois eu caminhava neste trecho e, alguns metros a frente uma placa indicando a velocidade em 40Km/h, e nitidamente percebo que todos os carros passam a muito mais de 6oKm/h, mesmo com muitos pedestres e ciclistas transitando pelo inexistente acostamento, colocando em risco real de morte a todos que por aqui passam!!!.

A chacina no trânsito vai continuar, se continuarmos com essa mentalidade “doentia” que defende as altas velocidades aos motorizados. Mobilidade Urbana não são automotores em assassinas velocidades, mobilidade urbana é o cidadão se deslocar pela cidade com segurança e com a opção de escolher o modal. Lembrando que o transporte ativo, ou seja, o caminhar e o pedalar são prioridades na Política Nacional de Mobilidade Urbana  (II – prioridade dos modos de transportes não motorizados sobre os motorizados e dos serviços de transporte público coletivo sobre o transporte individual motorizado;). Assim as atuais velocidades são incompatíveis com a saúde pública e principalmente contra a segurança nos deslocamentos (basta verificar as centenas de milhares de mortes e incapacitados vítimas de sinistros de trânsito ao longo dos anos, é uma “guerra” e estamos perdendo).

Ciclistas e pedestres tem se articulado em passeatas e pedaladas, para chamara a atenção do Poder Público e Sociedade para “conscientizar”  que a PAZ no trânsito é simples e, só depende de cada um respeitar a vida dos demais.  Uma pedalada que chama a atenção e tem muito apoio, inclusive de muitos motoristas, é a Peladada Floripa, onde ciclistas pedalam celebrando o corpo e expondo o corpo, para demonstrar a fragilidade diante dos pára-choques  (Porque “protestar” pelado?) .

Espero poder acreditar que é uma minoria motorizada que não respeita nada, nem a própria vida! Mas as velocidades permitidas em nossas ruas, envolvem muitos e, acabam por promover as mortes e outras vítimas em nosso trânsito.

ACORDA SOCIEDADE!!!

 

 

 

 

Written by danielbiologo2

maio 1, 2014 at 11:16 am

Publicado em Uncategorized

Progressão Geométrica…

leave a comment »

Com o aumento do número de bicicletas nas ruas, 
a evolução para um trânsito mais humano e seguro é inevitável.”

bike x bus  Temos observado aqui na Grande Florianópolis um grande crescimento  no número de ciclistas,  muitos destes iniciam nos grupos de pedaladas, com os quais  conhecem e se  ”acostumam” com a bicicleta, para em pouco tempo  começar a ir ao trabalho, e em  passeios de final de semana.
 Sim, sentimos algumas dificuldades com a falta de infraestrutura  cicloviária, como  exemplo a ausência dasciclovias e ciclofaixas. Precisamos de  bicicletários seguros, principalmente  nos terminais do transporte  coletivo, para efetivar a integração de modais.
E principalmente o  respeito as Leis e a vida de todos.  Para o trânsito fluir e ter segurança existe o Código de  Trânsito  Brasileiro, entre alguns pontos vou citar dois que são muito importantes para os ciclistas, os Artigos 201 e 220, claro que todo o CTB é importante, mas estes dois são imprescindíveis para garantir a segurança dos mesmos.
Ah, sim a  bicicleta é um veículo, Art.96, e deve compartilhar as vias quando estas não tiverem ciclofaixas, ciclovias ou acostamento, Art.58, este é o grande “segredo” damobilidade urbana.

Quem nunca escutou;
-Que as ciclovias e ciclofaixas não ligam nada a lugar nenhum!?
-Discordo totalmente e como ciclista quase diário confirmo que, as ciclovias são interligadas por ruas e outras vias, que através do compartilhamento com respeito por todos os modais tornar-se-ão nas tão “reclamadas” ligações entre as ciclofaixas e ciclovias, simples não?

62833c962be311e19e4a12313813ffc0_7

Temos grupos de pedaladas nas segundas, terças, quartas, quintas, sextas, sábado e domingo! A maioria deles, ainda são à noite, mas está aqui o aumento, literalmente em uma progressão geométrica das pessoas buscando mais saúde e qualidade de vida. Está inclusive difícil juntar muitos ciclistas em um mesmo evento, em virtude de tantos eventos acontecendo ao mesmo tempo. Temos vários coletivos como associações legalmente instituídas e grupos de amigos que estimulam, ensinam, organizam e viajam com as famosas magrelas, temos inclusive muitos relatos de pessoas com diversas “doenças” e obesidade, que milagrosamente (coisas que a bicicleta faz) melhoraram e até se curaram, o que me remete a uma outra frase que costumo dizer com frequencia;

“Cidades com maior número de Bicicletas nas ruas,
apresentam uma melhor qualidade de vida, é fato.”

Cicloabraços e vamos pedalando….

Written by danielbiologo2

maio 1, 2014 at 11:01 am

Publicado em Uncategorized