danielbiologo2

Just another WordPress.com site

Archive for outubro 2016

Dia das bruxas, depois da eleição!

leave a comment »

Dia das Bruxas, depois da eleição!

    31 de outubro de 2016, dia que se comemora o Halloween (dia das bruxas), apesar de não ser uma “festa” brasileira é relativamente bem aceita e “comemorada” por aqui.

Então não se assuste hoje a noite se enxergar monstrinhos, bruxas e outros pedalando pela cidade. 

    Com o lema  “trick or treat” (doce ou travessuras), a travessura dos ciclistas é apenas celebrar as ruas em seus veículos.

    O doce esperado, é apenas o respeito e infra estrutura adequada, para que todos no trânsito possam ter segurança e conforto, independente do modal escolhido!

228E vamos pedalando……

Anúncios

Written by danielbiologo2

outubro 31, 2016 at 12:40 pm

Publicado em Uncategorized

Eleição 2016 Floripa

leave a comment »

Muito se falou nesta eleição sobre Mobilidade Urbana, muito se falou na bicicleta, até mesmo convocaram um grupo de ciclistas para transportar os “pen drives”.

dceleicao

É bem sabido e conhecido que as bicicletas no trânsito urbano, em distâncias de até 10Km, são muito mais eficientes que carros e motos, além de não poluir o ar com gases tóxicos ou barulho. Mas ainda falta muito, muito mesmo para que a demanda reprimida em Floripa que é mais de 70% da população, possa usar a bicicleta com total segurança e conforto nos deslocamentos urbano.

Por que esta postagem?
No primeiro turno, acabei indo de carro e no segundo também.
-Como assim, Daniel você usa a bicicleta para tudo e mais um pouco e hoje não?
-Pois é, até me sinto mal, mas veja bem, eu estava de bicicleta no continente pedalando na Ciclofaixa de domingo, ou seja passei por Coqueiros, Capoeiras, Beira mar Sul, Rio Tavares, Campeche, Costeira, Porto da lagoa e mais um pouco. Se também fosse votar de bicicleta, encontraria o problema. a falta de paraciclos  seguros para deixar meu veículo.
Transporte coletivo para fazer tudo o que tinha neste domingo, não seria possível, fiz de bicicleta, mas na hora de votar para não arriscar e perder (ser furtado) meu veículo, a unica opção foi ter que ir de carro.

IMG_7158.JPG

A maiorias das zonas, não tem/tinha paraciclos, ou seja para ir de bike, tem que ser em dupla, um vota o outro cuida. Mas minha zona era longe daqui e minha parceira não queria pedalar comigo até lá.

De qualquer forma, “desculpem” esta postagem desabafo, mas é que fico “assustado”, apesar de todos saberem os “problemas” de Mobilidade Urbana que enfrentamos, o transporte individual motorizado continua a ser priorizado em quase todos os investimentos!

Que o Prefeito eleito em 2016, definitivamente, comece a enxergar pedestres, ciclistas e o transporte coletivo como prioridade!

E vamos pedalando por uma cidade mais humana e saudável!

 

Written by danielbiologo2

outubro 30, 2016 at 7:53 pm

Publicado em Uncategorized

lixo na praia…

leave a comment »

Sexta feira, 28 de outubro de 2016, 16 horas.

Uma breve caminhada na praia do Campeche, mas hoje o vento e a “ressaca” pareciam um pedido da Natureza pedindo a ausência do bicho homem.

Infelizmente ao realizar esta breve caminhada de algumas centenas de metros, visualizei “milhares” de fragmentos e restos de materiais diversos e, entre os poucos humanos presentes, uma moça fumando atira a bituca em direção ao mar. (estúpida ignorância de egoísmo ao vivo e a cores, EU VI!)

O que me fizeram lembrar e querer deixar registrado aqui este fato, repetido milhares de vezes em nosso entorno. Anos atrás tive a oportunidade de visitar em uma praia no exterior onde havia uma taxa para entrar na mesma, proibido fumar e/ou consumir bebida alcoólica entre outras restrições. No início estranhei, mas em minutos percebi o benefício e a qualidade da praia, não haviam lixeiras, não havia lixo na areia!!!
Quando quis tomar uma cerveja, tive que ir nu pub, entrar, fechar a porta, pagar, beber duas latinhas e deixar as latas no balcão, ou seja, podes tomar tua cervejinha, mas não em qualquer lugar e não “tens” como abandonar lixo pelo caminho.
A praia era de uma limpeza linda, me pareceu realmente um ambiente natural, apesar de ter toda uma infraestrutura construída em seu entorno, dava gosto caminhar e encontrar apenas conchinhas e outros “artigos” marinhos!

Mas aqui em terras tupiniquins, onde o umbigo individual é mais importante que a coletividade, que a qualidade de vida coletiva, levamos todo tipo de lixo e rejeitos, além das bitucas de cigarro, e as deixamos nas areias, nas ruas, para depois reclamar que não fazem a limpeza. E assim somos obrigados a gastar milhões para limpar, quase sempre deixando muito mais do que recolhemos.

Esta foto é para resumir o egoísmo estúpido e imbecil do nosso estilo de vida.
Pergunto será tão difícil?
Se você levou traga de volta e deposite em local adequado. E ainda tem energúmenos que acham bom lixeiras espalhadas nas areias da praia, ou seja, vamos para curtir o visual e temos que ter um saco plástico exalando odores ao teu lado?
Sem contar que em dias com vento (como hoje), depois que “vira-latas” rasgam atrás de comida, o vento e a maré esparramam tudo e “inocentemente” acreditamos que está tudo limpo por não enxergarmos todo esse lixo, microlixo, que estarão poluindo e matando por séculos…

“Não somos donos da Natureza,
somos parte integrante e dependentes de seu equilíbrio”

Daniel de A. Costa

img_2470

Written by danielbiologo2

outubro 28, 2016 at 9:43 pm