danielbiologo2

Just another WordPress.com site

Trekking de domingo

with 4 comments

Um domingo de Sol.


IMG_2971

No face do Floripa Trekking, muitas mensagens e comentários, cheguei cedo, éramos dois neste momento o Chico e Eu.
Imaginava umas trinta, quarenta pessoas…em minutos estávamos em centenas, estimei uns 300!
Após as palavras iniciais do Sinval, iniciamos a caminhada.

O Ícaro contou 312, e como eu vinha fechando a fila neste momento, fui o 312.

A fila ficou comprida, no início muitas paradas e que não mudou muito durante o trajeto, principalmente pelas paradas para fazer fotos, mas a galera brincava, ” empurrava”, apitava e assim a fila andava.

Na praia poucos entraram, eu entrei, afinal uma banho de mar revigora e refresca.

No retorno alguns ficaram no bar na beira da lagoa, para comer algo e tomar uns sucos, umas cervejas e depois aquele cafezinho, bem eu tomei…hehehehe

Levei minha máquina de fotos, fiz poucas pois fiquei mais ” preocupado” com a turma e com a trilha. Minhas fotos aqui neste link;

Trilha do Gravatá

PS. Realmente tivemos muitas pessoas, eu percebi a preocupação da organização com a “conservação” da trilha, mas claro 312 pessoas é um número grande.
O que eu percebi durante e após?
Todos caminharam apenas pela trilha, não ficou lixo pelo caminho e claro 312 pessoas numa trilha um impacto existe. Mas nesta trilha “escancarada” usada frequentemente, sem nenhum tipo de controle? Bem o que quero dizer e não justificar, mas esta trilha é extremamente utilizada inclusive em certos trechos motocicletas tem transitado, Ou seja o dito impacto que muitos reclamaram existe mas neste caso, pelos trilheiros deste domingo é incipiente com relação ao impacto de todos os dias, como disse esta trilha é aberta é utilizada por muitas pessoas diariamente, e muitos não cuidam mesmo, e deste uso intensivo que realmente impacta, alguém está preocupado?

Os eventos estão crescendo em número de participantes, neste final de semana tivemos alguns eventos o AUDAX 200Km em Bicicletass e dois por “caminhantes e trilheiros”. O Caminhantes do Sol, com mais de 200 pessoas e o Floripa Trekking com mais de 300.

Bem qual o desafio?
É que estes eventos continuem a ocorrer, em equilíbrio com o Meio Ambiente, o desafio então é conjugar a sustentabilidade na prática.

“No Brasil a Capacidade de Carga significa para o Planejamento do turismo a tentativa de estudar o perfil do destino na tentativa de identificar qual o número de visitantes que a localidade comporta sem depreciar o seu patrimônio,ou seja, “Capacidade de Carga é a população máxima de determinadas espécies que uma área pode suportar sem reduzir sua capacidade de suportar essas espécies no futuro”.

A capacidade de carga é um instrumento de manejo aplicado em estratégias de controle de fluxos turísticos em áreas naturais e, segundo Cifuentes (1992), é resultado de uma apropriação do conceito utilizado na gestão de pastagens, para determinar o número de animais que podem ser mantidos em determinada área de pasto. No turismo, sua adoção consiste no cálculo de um número máximo de visitas/dia que uma determinada área natural pode suportar

As principais críticas a esse instrumento referem-se ao fato de que estabelecer número de visitantes para áreas naturais tem sido muito mais um conceito intuitivo do que científico e que a magnitude do impacto não é necessariamente condicionada pelo número de pessoas. Na verdade, a prática de limitar o número de visitantes é, muitas vezes, uma solução imprópria e simplista.” 

Anúncios

Written by danielbiologo2

abril 27, 2015 às 3:30 pm

4 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Gostei do texto e concordo!

    Heredion Castro

    abril 27, 2015 at 3:53 pm

    • Grato Heredion, apenas para deixar claro, e também conscientizar que nosso caminho tem que ser conservado com nossas atitudes, para poder caminhar sempre.
      Abraço…

      danielbiologo2

      abril 27, 2015 at 5:18 pm

  2. Me perdoe Daniel, mas ao meu ver, você se contradiz muito… E não trás uma reflexão séria a respeito… Parece que o texto foi escrito, e trazido recortes que, apenas justificam a trilha realizada pelos 312 caminhantes!
    (Mais discussões a respeito, teremos em outras esferas… com o poder público!)

    Flora Neves

    maio 5, 2015 at 4:15 pm

    • Querida Flora,
      Não, não estou defendendo nem justificando 300 pessoas em uma trilha. apenas quis apaziguar conflitos, pelo o que eu vivenciei nesta trilha extremamente sem controle.
      Da mesma forma não fiz parte da organização, como vi o grande número de pessoas, apenas quis ajudar na caminhada para evitar maiores problemas….
      Apenas enfatizei que os participantes se comportaram bem, e isso realmente fez diferença, fica difícil determinar se este evento exclusivamente causou dano, nesta trilha muito destruída pelo mal uso sem controle algum.
      Em nenhum momento disse que 300 pessoas não causariam algum problema, nesta trilha o impacto já ocorreu e não foi por estes caminhantes e sim pela falta de infra estrutura e controle da mesma, certamente se fosse em algum local realmente conservado poderia haver danos.
      Os eventos de caminhadas e outros vem aumentando, e infelizmente não temos nenhuma política e trabalhos de educação para estes.
      Da mesma forma sim, recortes foram colocados na postagem, como a tal capacidade de carga, termo adaptado da quantidade de gado em uma pastagem, e que não tem embasamento técnico que garante efetivamente uma trilha que não tem nada de estudo ou cuidados. Inclusive a tal capacidade de carga aplicada, um exemplo, é o número de pessoas que se consegue atender com eficiência e controle dentro de uma trilha. Pouco tendo a ver com a conservação do espaço!
      Enfim, acredito que estamos todos tratando do mesmo cuidado, mas onde vírgulas e palavras podem dar margens a entendimentos diversos, mesmo eu tendo convicção que tudo o que disse visa apenas esta grande reflexão para efetivar a tal CONSERVAÇÃO de nossos ambientes naturais.
      Sou inclusive defensor de que muitas áreas devem ser intangíveis, destinando as mesmas para a FLORA e FAUNA (biodiversidade) que estão ficando cada vez mas, sem espaços!

      “Não somos donos da Natureza, somos parte integrante e dependentes de seu equilíbrio.” DanielBiólogo

      E vamos caminhando, em PAZ com AMOR a VIDA de todos os seres….

      danielbiologo2

      maio 8, 2015 at 2:46 pm


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: